Abertura do origami arquitetônico
Tipos de origamis arquitetônicos

Dentro do origami arquitetônico existem quatro diferenciações de efeitos tridimensionais, estes dependem do ângulo de abertura das superfícies bases. Os padrões estabelecidos variam de 0°, 90°, 180° e 360°. Deve-se levar em consideração o ângulo mais adequado no planejamento, lembrando que isto influenciará no resultado final do desenho projetado. Assim, a planificação do desenho deve ser realizada de acordo com o tipo de modalidade escolhida.

Cartões de 0°

Apresenta uma composição de cartões que utilizam apenas uma folha para sua confecção, apesar de aparentar mais de uma camada de papel em sua estrutura. Os cartões de 0° são pouco empregados, mas mesmo antes de abrí-lo ele demonstra propriedades tridimensionais.

Origami arquitetônico de 0°
Origami Arquitetônico de 0°

Cartões de 90°

É a categoria mais popular, são cartões planejados e desenvolvidos com uma abertura máxima de 90°, obtendo o efeito e imagem desejada e oferecendo sensação de profundidade, volume e tamanho.

Origami arquitetônico de 90°
Origami Arquitetônico de 90°

Cartões de 180°

Nestes tipos de cartão, as imagens são formadas tridimensionalmente quando abertas em 180°. E apresentam duas maneiras de serem construídas:

-Junção de duas imagens: ocorre o encaixe de duas imagens simétricas e espelhadas, ao serem dobradas e montadas (em formato de V invertido ou encaixe X>, dão a impressão de tridimensionalidade.

Junção em formato V invertido
Junção em formato V
Junção por encaixe X
Junção por encaixe X

-Encaixe de peças segmentadas: exigem um planejamento mais específico e detalhado. Esta técnica necessita do desenvolvimento de fragmentos que se encaixam com precisão, em alguns casos utilizamndo até linhas e adesivos para garantir o efeito tridimensional. Outra característica marcante está vinculado ao atoa de fechar o cartão, a figura e as partes vão se ajustando até que atinjam a posição completamente plana e possam se acomodar adequadamente dentro da base.

Encaixe de peças segmentadas
Encaixe de peças segmentadas

Cartões de 360°

Esta categoria oferece a abertura da base em até 360°, assim, permite que a figura se complete. A técnica de cartões em 360° foi elaborada por Masahiro Chatani, através do estudo das propriedades do cubo e de brinquedos tradicionais japoneses. Já, uma de suas colaboradoras Keiko Nakazawa continuou seus estudos, criando figuras geométricas com forte tendência geométrica em origami arquitetônico.

Origami arquitetônico de 360°
Origami Arquitetônico de 360°

REFERÊNCIAS:
UENO, Thais. Do Origami Tradicionao ao Origami Arquitetônico: uma trajetória histórica e técnica do artesanato orietal em papel e suas aplicações no design contemporâneo. Dissertação de Mestrado, UNESP. 2003.