Entre os países ocidentais e o Japão há diversos aspectos contrastantes: tanto culturais quanto comportamentais. Os japoneses são categorizados por ser um povo que sempre manteve reprimido as demonstrações afetivas e a discrição ao se comunicar ou agir. Diferente dos brasileiros, considerados como expansivos, calorosos e refletem que excessivamente seus sentimentos, em qualquer ambientes em que estejam inseridos.

 

namoro no japão
Namoro no Japão

 

Os conceitos de namoro entre os ocidentais e os japoneses são bem conflituosos, isto se deve por um fator puramente cultural. Os tipos de namoros no Brasil são avaliados pelos níveis de formalidade: variando desde um relacionamento mais livre e descompromissado até o relacionamento mais sério. Os japoneses só consideram um, o namoro, para eles não existe o hábito que os ocidentais criaram, o de “ficar”.

 

namoro entre os japoneses
Namoro entre os japoneses

 

Aqui no Brasil não há uma idade ideal para dar início a um namoro. Todavia, no Japão, os jovens em sua grande maioria começam os namoros com a conclusão do ensino médio ou ao atingir a maioridade, isto é o resultado da pressão exercida sob os jovens para serem aprovados no vestibulares e serem inseridos na universidade. O que acaba dificultando muitos jovens a inicar um relacionamento amoroso. Etapa que acaba sendo adiada após se estabeleceram na universidade.

Os japoneses se apresentam usualmente tímidos para se declarar à alguém e muita dificuldade em executar técnicas de flerte ou até mesmo manifestar possíveis interesses, agindo com muita cautela ao tomar iniciativa ao encabeçar um envolvimento romântico. Estes conflitos são muito abordados em novelas japonesas denominadas doramas. Nelas exitem situações conflagrantes de relacionamentos ainda não iniciados, se limitando no máximo em beijos suaves ou popularmente conhecidos no Brasil como “selinhos”. Ao contrário das mídias ocidentais que muitas vezes terminam em sexo.

 

beijo no dorama hidamari no kanojo
Singelo beijo em doramas japoneses

 

No Japão, ainda nos dias atuais, as demonstrações de carinho e afeto como beijos e abraços são reservadas para ambientes íntimos do casal, sendo mal vistas quando praticadas em público. Até mesmo o ato do casal andar de mão dadas é um hábito raro entre os japoneses.

 

casal de mãos dadas
Casal de mãos dadas

 

Muitas vezes pela dificuldade de se relacionar fisicamente com pessoas, os japoneses recorrem a outros meios, como o uso de redes sociais via internet voltadas para encontrar o par ideal, agências físicas que oferecem serviços de procura e encontros de candidatos solteiros e também um costume recentemente praticado pelos nipônicos, o Gokon, também conhecido como encontro às cegas.

Os japoneses utilizam destas possibilidades, por ser uma maneira mais cômoda e fácil de conhecer novas pessoas. Um dos fatos se deve a pouca frequência que estes usufruem de bares e boates, quando comparecem nestes ambientes, vão com o intuito de beber e/ou dançar. O desenvolvimento de alguma amizade ou um possível relacionamento amoroso é praticamente impossível, visto que, os japoneses não se comunicam com pessoas desconhecidas.
Diferente dos ocidentais, onde estes locais são pontos atrativos para encabeçar um relacionamento, seja breve ou longo. Os japoneses também evitam inicar namoros com algum colega de trabalho (principalmente se ocupam níveis hierárquicos desiguais), uma vez que isso traz visibilidade entre os outros companheiros e muitos comentários desagradáveis.

Desta forma, observa-se perceptíveis discrepâncias entre os namoros dos ocidentais e dos japoneses. Isto se deve sobretudo, ao fator cultural, onde ambos demonstram afetividade de maneiras distintas, contudo valorizando o sentimento em comum sendo explícito ou subentendido.

 

REFERÊNCIAS:

http://www.pakutaso.com
https://pixabay.com/pt/jap%C3%A3o-kimono-jap%C3%A3o-doce-cora%C3%A7%C3%A3o-2483948/
https://www.flickr.com/photos/trushu/4717267026/
http://www.japaoemfoco.com/paquera-e-namoro-entre-japoneses
https://ritsunodoramaland.wordpress.com/tag/japanese-movie/page/3/
http://japaoejaponeses.org/os-japoneses-sao-frios-ii-as-festas