kirigami
Kirigami

 

É uma das técnicas artísticas e artesanais que sempre se manteve enraizada em nossa cultura, seja em brincadeiras infantis ou até mesmo decoração, embalagens ou cartões de presente, e ainda hoje ela é empregada tanto em trabalhos manuais quanto produtos comerciais.

O kirigami é considerado como uma das artes feitas por meio da modulação de papel, este utiliza tesoura, estilete e muitas vezes cola para confeccionar as peças. O termo deriva da junção de duas palavras: kiri, que significa “cortar” e gami ou kami que pode ser traduzida como “papel”. Em países de língua inglesa o kirigami é denominado como “cutting paper”, na Alemanha é conhecido como “schmeiden” e “psaligraphy” na Dinamarca.

 

Origem do Kirigami

Alguns estudiosos atribuem sua origem à invenção do papel na China. Assim, formou-se três classiicações de artesanato com corte e dobra de papel: senshi; sanshi e kokushi.

-Senshi: é praticada apenas com cortes por meio da tesoura. Esta técnica consiste em dobrar o papel sucessivamente e realizar cortes sobre ele. Os senshis eram artigos popularmente confeccionados por famílias pobres, que as utilizavam como elemento decorativo em suas residências ou produtos que eram vendidos como artefatos artesanais.

senshi
Kirigami senshi

 

-Sanshi: é um método muito utilizado por crianças. Baseia-se na dobradura em formato sanfonado, onde é realizado o corte sobre o papel.

sanshi
Kirigami sanshi

-Kokushi: trata-se de uma técnica mais complexa, este exige o uso de estiletes, desenvolvendo imagens mais definidas, gerando, assim, desenhos positivos e negativos.

kokushi
Kirigami kokushi

 

História do Kirigami

Antigamente, o papel era um artigo caro, o que impedia que grande parcela social tivesse acesso a este material, limitando assim o uso deste somente aos nobres principalmente para a prática de artesanato, sendo o kirigami um trabalho desenvolvido sobretudo pela aristocracia.

Somente a partir do século IV e V, o kirigami passou a ser realizado pelas camadas populares, estes criavam modelos bordados, artigos decorativos e de uso prático, servindo muitas vezes de moldes em tecidos e porcelana, ou eram aplicados em rituais funerários. A partir do século XIII, o kirigami passou a ser empregado em celebrações e festejos, além de, serem utilizados para presentear ou como um símbolo de saudações.

kirigami decorativo
Kirigami decorativo

 

A disseminação da arte kirigami entre os países asiáticos e a Europa ocorreu no século VII d. C., por meio da “rota da seda”, que estreitou o comércio entre o ocidente e o oriente, acarrentando na troca de mercadoria e conhecimento artístico e cultural.

 

Kirigami em diversos países

O kirigami desempenhava funções e apresentava características que variavam de acordo com as influências culturais e históricas de cada país e região.

Na China, o uso das técnicas de kirigami destinava-se na confecção de talismãs e mandalas, com o intuito de atrair os bons fluidos e sorte.

Nos países europeus, utilizou-se destes trabalhos como moldes para chapas e também para desenvolver representações de símbolos judaicos (como a Estrela de Davi). Também foi aplicado no corte de silhuetas como signos pictóricos (como tulipas e corações) refletindo até mesmo significados de conceitos cristãos.

Para os japoneses, o kirigami passou a ser utilizado principalmente pelo seu aspecto simétrico. Um dos exemplos mais conhecido eram os brasões, denominados como monkiri, símbolos hierárquicos ou mesmo de identificação de famílias, uma maneira também de distinguir visualmente os feudos.

monkiri
Monkiri

 

Categorias dentro do Kirigami

Dentro do kirigami pode-se dividir em diversas principais classes:

-Kirigami (propriamente dito): este trata-se do ato de se dobrar o papel e recortá-lo adquirindo formas e desenhos através do corte.

kirigami simples
Kirigami simples

 

-Origamic architectureouorigami arquitetônico: composto de recortes em papel que oferecem efeito de tridimensionalidade utilizando muitas vezes imagens bidimensionais, ou a construção de desenhos tridimensionais.

origamic architecture
Origamic architecture

 

kirigami modular: é composto por diversas peças de com formatos idênticos e simétricos, que são dobrados e montados gerando uma estrutura simétrica maior.

kirigami modular
Kirigami modular

 

Kirigami e suas aplicações

Atualmente, a técnica de Kirigami não é somente aplicada em cartões, mas também em artigos decorativos, produtos de papelaria e até mesmo roupas.

 

Kirigami decorativo
Cortina de kirigami

 

Kirigami papelaria
Calendários com kirigami

 

Kirigami em roupas
Técnicas de kirigami aplicadas em peças de Jum Nakao

REFERÊNCIAS:
UENO, Thais. Do Origami Tradicionao ao Origami Arquitetônico: uma trajetória histórica e técnica do artesanato orietal em papel e suas aplicações no design contemporâneo. Dissertação de Mestrado, UNESP. 2003.
http://www.georgehart.com/kirigami/Hart-Modular-Kirigami.html